Páginas

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Surpresa

Lá estávamos eu  e você, eu com lágrimas secas no rosto, você com um sorriso novo.Eu meio sem graça, você extremamente confortável.Eu muito descansada, você com o braço dormente.
 Sim, eu explico o que aconteceu.Eu estava com o passaporte vencido, teria que voltar pra casa.Estava chateada, afinal aquele lugar era meu sonho, mas por um erro meu teria que voltar pra casa, sozinha.Todos meus amigos da faculdade foram se despedir de mim no aeroporto.Porém o meu melhor amigo de última hora disse que iria comigo.Pedi, insisti, implorei para que ele ficasse.Não adiantou, nem brigar, nem dar chilique, era teimoso demais.
 Embarcamos na sexta feira a noitinha.Eu um tanto histérica ainda, inconformada com a loucura que ele estava fazendo.Não podia acreditar que ele estava jogando um sonho fora por causa de uma maluca que colocou uma data errada no passaporte.Tivemos outra discussão.Eu com os olhos cheios de lágrimas não sei se de raiva ou tristeza, ele com os olhos cheios de ternura e esperança, me olhavam mais uma vez dizendo"eu escolhi isso, tudo vai dar certo.Como uma criança mimada fechei os meus olhos fingindo que ia dormir, só pra não ter que continuar com aquilo.O cansaço era tanto que dormi de verdade.
 Quando acordei estava encostada no ombro dele, normal, estava confortável.Normal nada, os olhos dele me fitavam de uma forma diferente, seu braço envolvia meu corpo.Não entendi, ri e abaixei a cabeça meio sem jeito.Ele com todo jeito do mundo colocou a mão no meu rosto, arrumou a maquiagem borrada e inesperadamente beijou-me.Naquele momento tive a certeza de que aquela viagem não era um acaso.Tive certeza de que ele era muito mais que um amigo.Tive a certeza de que aquele era o momento das nossas vidas e que não devia acabar.Não deveríamos nos distanciar, meu lugar era ao lado dele.Senti seu cheiro como se eu nunca o tivesse sentido, e desejei que ficasse para sempre em minhas roupas.Sem reação e se palavras, segurei suas mãos.
 Lá estávamos eu e  ele, eu com lágrimas secas no rosto, ele com um sorriso novo.Eu meio sem graça, ele extremamente confortável.Eu muito descansada,  ele com o braço dormente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário